Share
Save

Dietas Plant based: precisamos suplementar?

Sessão Virtual, Go to Webinar
04/12/2020
04/12/2020

Dietas Plant-based e seus benefícios – quando é necessário suplementar?

Entende-se por dieta plant-based o padrão alimentar  baseado no maior consumo de alimentos de origem vegetal, sem, necessariamente, restringir ou eliminar os alimentos de origem animal. Muitos ainda desconhecem, mas a dieta plant-based é muito variada, rica em fibras e em compostos bioativos, permitindo a redução no   consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas, açúcar e sódio, por exemplo.

O tema, tratado em profundidade em um webinar realizado recentemente pela Força Tarefa Nutrientes e Suplementos Alimentares do ILSI Brasil (International Life Sciences Institute do Brasil) desperta a atenção para a eventual necessidade de suplementação de nutrientes e vitaminas, principalmente pelos adeptos às dietas vegetarianas estritas ou veganas. Para o debate, o instituto contou com a participação das pesquisadoras  Dra. Natália Utikava, nutricionista pela Faculdade de Saúde Pública da USP e McGillUniversity (Canadá) e Mestre em Nutrição e Saúde Pública pela USP, e Dra. Gabriela Paris  e Polo, nutricionista pela Universidade São Camilo, doutoranda na Faculdade de Medicina da USP e pós-graduanda em Nutrição  Funcional no Centro de Nutrição Funcional VP.

“Quando falamos em dietas plant-based, vale ressaltar que a academia tem avançado muito nos estudos desse tema. Nos últimos dez anos passamos a ter um grau de evidência científica mais robusto, com diversas revisões temáticas e meta-análises que têm proporcionado tranquilidade aos que optam por esse padrão alimentar”,  observa a professora Nágila R. T. Damasceno, docente do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP.

Então, é necessária a suplementação em uma dieta Plant-Based? Como fazer?

São diversos os motivos pelos quais uma pessoa pode ter necessidade de suplementação de determinados nutrientes em sua dieta. Seja devido à baixa ingestão ou reduzida absorção de nutrientes, a avaliação clínica pode indicar deficiências nutricionais e se a suplementação é necessária e qual tipo e qualidade são os mais indicados . O importante é que isso seja feito com orientação profissional e de forma individual, permitindo uma ingestão adequada  às necessidades de vitaminas B12 e D, zinco, iodo, cálcio, ferro e ômega 3, que potencialmente são os nutrientes que exigem maior atenção no padrão plant-based. A dieta plant-based incentiva um maior consumo de vegetais e seu protagonismo  nas refeições, sem necessariamente estimular a restrição de alimentos de origem animal como ocorre no padrão vegano.

Não é correto pensar que somente por eliminar a carne vermelha uma dieta passa a ser saudável. “É importante reconhecer que as dietas plant-based são uma alternativa alimentar de qualidade  e equilibrada. Uma opção para quem busca uma dieta associada à promoção da saúde aliada à responsabilidade    ambiental”, reforça a Dra. Nágila Damasceno.

 

Sobre o ILSI Brasil

O ILSI – International Life Sciences  Institute – é uma organização mundial sem fins lucrativos e de integração entre academia, indústria e governo. Sua missão é estimular a discussão e aplicação da ciência em temas que visam a melhora da saúde e do bem-estar público e preservação do meio ambiente.

Siga o ILSI Brasil nas mídias sociais: 
Facebook | LinkedIn