Funcionais, Nutrientes e Suplementos

Força Tarefa Alimentos Funcionais, Nutrientes e Suplementos Alimentares

 

Histórico e Justificativa

A discussão cientifica do papel dos nutrientes e/ou o consumo inadequado desses, é crucial do ponto de vista de Saúde Pública. Sabe-se que em muitas nações de renda média/baixa, incluindo o Brasil, a ingestão diária de níveis adequados de nutrientes está muito distante de ser alcançada, impactando milhões de pessoas e tem consequências sociais e econômicas.

O avanço dos conhecimentos mostrando a relação entre a alimentação e a saúde/doença, os custos da saúde pública e o interesse da indústria em suprir o aumento da demanda dos consumidores por alimentos cada vez mais saudáveis, tem gerado novos produtos cujas funções pretendem ir além do conhecido papel nutricional e sensorial dos alimentos. Pesquisas têm sido realizadas visando estabelecer bases científicas para a comprovação das alegações das propriedades funcionais e/ou de saúde dos alimentos e ingredientes.

Neste cenário, a FT de Nutrientes e Suplementos Alimentares, tem por objetivo geral discutir o papel dos nutrientes na saúde, levando-se em consideração as necessidades especificas das diferentes fases da vida, e a maneira como tais podem ser consumidos, seja através de alimentos fortificados ou suplementos alimentares.

Objetivos

  • Estimular a discussão sobre o papel e a importância de nutrientes e componentes alimentares nas diferentes fases da vida.
  • Promover o melhor entendimento de assuntos relacionados aos compostos bioativos, às alegações de propriedades funcionais e/ou de saúde.
  • Promover discussão cientifica sobre o consumo de alimentos adicionados de nutrientes e suplementos alimentares para atender as necessidades de grupos populacionais em nível nacional ou regional ou grupos específicos, como atletas, idosos, gestantes, lactantes, lactentes e escolares
  • Colaborar com os órgãos governamentais, levando informação científica que sirva de base para a elaboração / revisão de regulamentação pertinente, bem como de políticas públicas de saúde
  • Levar conhecimento científico atual e de boa qualidade a profissionais da área de saúde
  • Estimular a pesquisa e identificar pesquisadores na área