Share
Save

Um projeto da FT-Food Safety.

Área: Avaliação do Risco e Toxicologia

Responsável: Dra. Adriana Pavesi Arisseto Bragotto (Faculdade de Engenharia de Alimentos da UNICAMP).

Resumo: Os edulcorantes são aditivos alimentares utilizados com a finalidade de substituir parcial ou totalmente o uso de açúcar em alimentos. No presente trabalho, a exposição da população infantil a seis edulcorantes autorizados pela legislação brasileira (acessulfame de potássio, aspartame, ciclamato de sódio, glicosídeos de esteviol, sacarina sódica e sucralose) foi avaliada utilizando a abordagem passo-a-passo (tiered approach). O cenário mais conservador (tier 1) foi aplicado para crianças de 1 a 10 anos e mostrou que a Ingestão Diária Aceitável (IDA) pode ser excedida para todos os edulcorantes, em diversas situações. Quando dados reais de consumo de alimentos e bebidas por crianças de 1 a 3 anos foram utilizados, verificou-se que a IDA do ciclamato de sódio e dos glicosídeos de esteviol pode ser extrapolada em 4,4% e 27,7% da população estudada, respectivamente. Os resultados obtidos sugerem a necessidade de um refinamento dos cálculos, com a utilização de dados reais de ocorrência de edulcorantes e informações sobre consumo alimentar para outras faixas etárias.

Dúvidas? Fale conosco.