Share
Save

Alimentos processados são aliados na luta contra o novo coronavírus 

Sua segurança reduz o risco de contaminações químicas e físicas, preservando a saúde da população

 

Em meio a pandemia de Covid-19, o Brasil, que é hoje um dos países com maior número de infecções e óbitos do mundo por conta do vírus, redobra sua atenção aos cuidados essenciais. A ideia é a preservação da saúde e da vida. Nesse quesito, a alimentação segue tendo papel essencial, principalmente pela relação da nutrição com o fortalecimento do sistema imunológico. E os alimentos processados podem oferecer mais segurança e, por conta disso, grandes aliados na luta contra a Covid-19.

 

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), “a segurança alimentar existe quando toda pessoa, em todo momento, tem acesso físico e econômico a alimentos suficientes, saudáveis e nutritivos para satisfazer suas necessidades e preferências alimentares”. Os alimentos processados chegam a até 95% da população brasileira e têm como um de seus objetivos garantir a segurança, por meio de tecnologias que não apenas evitam a perda de nutrientes, como qualquer tipo de contaminação por toxinas ou microorganismos.

Durante o período de distanciamento social, prezar para que os alimentos estejam seguros para consumo continua sendo essencial, ainda que não haja evidências científicas de contaminação pelo novo coronavírus a partir da ingestão de comida. O processamento auxilia na conservação, garantindo que fiquem mais tempo em perfeito estado na dispensa. Assim, as pessoas irão menos à mercados e lojas essenciais e, com isso, a aderência ao processo de distanciamento social se torna mais eficaz. “O acesso a alimentos seguros em época de pandemia contribui para a garantia de sobrevivência”, comenta o especialista Marcelo Cristianini, Engenheiro de Alimentos.

Para saber mais sobre alimentos processados, acesse o canal do YouTube do ILSI Brasil. Nele, você confere três videoaulas produzidas pela Força-Tarefa Estilos de Vida Saudáveis sobre o tema. São elas: “Food Free – Comer sem liberdade”, ministrada pelo Pediatra e Nutrólogo Dr. Mauro Fisberg (Instituto Pensi); Alimentos ultraprocessados – preocupação real ou medo infundado?”, comandada por Fernanda Martins, Bióloga e Nutricionista; e “Dilemas da Alimentação Moderna”, com o Engenheiro de Alimentos Marcelo Cristianini.

 

Assista-as em: https://ilsibrasil.org/videoaulas-ft-estilos-de-vida-saudaveis/